segunda-feira, 30 de setembro de 2019





Ideologia e propaganda colonial no Estado Novo  - 1

A propósito do texto de Bernardino Machado - "O Acto Colonial da Ditadura" - Agosto de 1930 - clicar em " O ACTO COLONIAL"






















domingo, 29 de setembro de 2019






Fotografias de Bernardino Machado após o regresso do 2.º exílio









sábado, 28 de setembro de 2019








Do portal da Torre do Tombo
















sexta-feira, 27 de setembro de 2019




Quem era Oliveira Belo  -  o gastrónomo "Olleboma"  -  3


A propósito da referencia que é feita na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira de que Oliveira Belo era diplomado em Ciências Económicas e Financeiras, esclarece-se que era esse o nome dado, na altura em que o dicionário foi publicado, ao Curso Superior de Comércio, que foi fundado em 1884 e que Oliveira Belo frequentou.
Os actuais estudos de economia e gestão remontam à AULA DO COMÉRCIO fundada em 1759 por Marquês de Pombal,  




e verificamos ao estudar a história da sua evolução a considerável actuação do açoriano Alfredo Bensaude.







Em 1884, Bensaude inicia a sua carreira académica, data em que ganhou o concurso para o preenchimento de vaga de lente de Mineralogia e Geologia do Instituto Industrial e Comercial de Lisboa.
Nos últimos meses da existência do IICL, Bensaude assumiu a direcção do Instituto, tomando algumas diligências para a reforma do ensino aí ministrado. Na sequência do convite de Brito Camacho para a reorganização do ensino industrial, Bensaude, então director do Instituto Industrial e Comercial de Lisboa, apresenta o relatório preparatório da criação e definição do modelo de organização e gestão do IST.
Como professor e director do IST, de 1911 a 1920, Bensaude encontrou a oportunidade para renovar o modelo de funcionamento e os métodos de ensino da engenharia em Portugal.
Com as portas abertas pela legislação (Decreto n.º 163 de 14 de Julho de 1911), Bensaude recrutou professores, nacionais e estrangeiros, cuja actividade era de reconhecida competência, sendo que alguns não estavam ligados ao ensino.
Durante os dez anos seguintes lutou incansavelmente pela afirmação da instituição no panorama do Ensino Superior em Portugal, superando diversas dificuldades que quase levaram o Instituto ao seu encerramento.
Bensaude pautou o mandato como director do IST através de uma luta insistente pela atribuição de instalações condignas para a sua Escola. Contudo a falta de verbas impediu a construção das novas instalações para as quais chegou a existir um projecto arquitectónico de Miguel Ventura Terra.
Através da sua actividade académica, caracterizada por uma forte dedicação e sacrifício pessoal, como professor e director conquistou a admiração e respeito de quase todos que com ele lidaram. A 9 de Agosto de 1924 Alfredo Bensaude foi nomeado pelo Ministro do Comércio e Comunicações Director Honorário do IST, por proposta do Conselho Escolar do IST e do novo director Eduardo Ferrugento Gonçalves.











quinta-feira, 26 de setembro de 2019




Quem era Oliveira Belo  -  o gastrónomo "Olleboma"?  -  2


António Maria de Oliveira Belo esteve ligado ao
Partido Regenerador Liberal de João Franco, desde o inicio da sua formação.


























quarta-feira, 25 de setembro de 2019






Quem era Oliveira Belo -  o gastrónomo Olleboma?










António Maria de Oliveira Belo é o autor do livro "Culinária Portuguesa" editado com o pseudónimo Olleboma, 
                                                         



















Usei frequentemente este livro quando tinha que tratar de assuntos referentes à alimentação e à nutrição. Recordo este facto por ter lido na Internet os textos da "BiblioAlimentar" coordenados por Carmen Soares, da Universidade de Coimbra,



 onde se refere:






Da Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira: