segunda-feira, 27 de janeiro de 2014









Transcrevemos do blogue do Dr. Amadeu Gonçalves  -  dopresente - clica aqui
Numa organização da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão e em colaboração com o Museu Bernardino Machado, o VII Ciclo de Conferências de 2014 terá como tema “Ideias e Práticas do Colonialismo Português (dos fins do séc. XIX a 1974)”. Com a entrada livre, os participantes receberão um certificado de presença, aguardando neste momento o respectivo Ciclo a acreditação do Conselho Científico e Pedagógico de Formação Contínua, para as disciplinas de História (Grupos 200 e 400), Filosofia (Grupo 410), Geografia (Grupo 420) e Economia (Grupo 430).
Da importância e da escolha do tema deste Ciclo de Conferências, tal prende-se, nas palavras do Prof. Norberto Cunha, Coordenador Científico do Museu Bernardino Machado, “com duas ordens de ideias: a primeira, o forte surto emigratório de recursos humanos e de capitais para Portugal continental, proveniente das ex-colónias portuguesas, e a sua importância cada vez maior no tecido económico e financeiro nacionais; em segundo lugar, o estreitamento de intensificação de relações laborais e de investimento de capitais nas economias das ex-colónias, conjungando-se através de dois factores: uma aproximação extremamente intensa, cuja memória mais próxima ou longínqua será proveitosa para a opinião pública de debater, de avaliar e de reflectir.”
“Ideias e Práticas do Colonialismo Português”, cuja primeira conferência se encontra marcada para o dia 14 de Fevereiro, terá a participação de conferencistas como Adriano Vasco Rodrigues (“A colonização portuguesa em África: memórias de uma experiência vivida”), Miguel Santos (“O pensamento e a acção colonial de Paiva Couceiro”), “Paulo Jorge Fernandes (“As ideias colonialistas de Aires de Ornelas”), Sérgio Neto (“As ideias colonialistas de Brito Camacho”), Ernesto Castro Leal (“As ideias colonialistas de José de Macedo”), Pedro Miguel Sousa (“As ideias colonialistas de Salazar”), Pedro Aires de Oliveira (“As ideias colonialistas de Armindo Monteiro”) e Luís Reis Torgal (“As ideias colonialistas de Marcello Caetano”). Recorde-se que temas como “Os Presidentes da República” (2003 a 2005), “As Lutas Académicas e Estudantis – do Liberalismo ao Estado Novo” (2006 a 2008), “As Grandes Questões da I República” (2009-2010), “As Mulheres e a I República” (2011), “A Maçonaria em Portugal” (2012) e “Pedagogos e Pedagogia em Portugal” (2013) já fizeram parte deste Ciclo de Conferências.




2 comentários:

Miguel Sá-Marques disse...

Estive cá!
Beijinhos ao melhor Pai do mundo.

Miguel Sá-Marques disse...

Estive cá!
Beijinhos ao melhor Pai do mundo.