segunda-feira, 13 de maio de 2013




Grémio Escolar Republicano de Alcântara / Centro Escolar Republicano de Alcântara
Localização: Rua Gilberto Rola, nº 67, 1º, em Alcântara; a partir de 1959, na Rua Correia Guedes, nº 65, 1º, Freguesia dos Prazeres.
Freguesias: Alcântara / Prazeres

Com origem numa cisão verificada no Centro Republicano de Alcântara Dr. Bernardino Machado, foi fundado a 12.02.1908, logo depois do Regicídio.



Historial
Enquadrado num dos bairros mais populares e mais densamente povoados, nos princípios do século XX. De facto, Alcântara era predominantemente industrializada, mas também nela conviviam camadas sociais relacionadas de perto com a vida portuária e com um pequeno comércio; como ainda uma marginalidade. Logo, a zona apresentava uma complexidade social destacada. Teve estatutos aprovados numa Assembleia Geral de Setembro de 1919, onde constava que a colectividade foi “fundada na freguesia d’Alcantara em 1 de Fevereiro de 1908, por um grupo de republicanos […], a fim de combater o regímen deposto”. No seu Artigo 3.º consta que “a sua vitalidade, manifesta-se no exercício de três funções distintas: proteger a REPÚBLICA, no limite das suas forças, INSTRUÇÃO e RECREIO” (apud http://www.sg-min.edu.pt). Criou cursos de instrução primária, para o que dispunha de duas amplas salas de aula e desenvolveu grande actividade cultural e recreativa em benefício dos sócios e da restante população do bairro. Desde a República, possui caixa de previdência, vestuário, balneário, terraço de recreio e de jogos. Agraciado com a Comenda da Ordem da Liberdade, Grau Membro Honorário, pelo Presidente da República, Mário Soares.
Imagem da sede em Alcântara: A. Goulart, AFCML - Arquivo Fotográfico da Câmara Municipal de Lisboa.

Dados retirados de
clicar aqui



 

2 comentários:

Mário Caleia disse...

Tive o previlegio de ser um dos alunos deste centro,e ainda recordo com saudade a professora Teofila da Conceiçao Fonseca ,muita reguada levei ,mas hoje vejo que o mau foram aquelas que sairam fora da mao,ainda hoje quando passo por la os meus olhos brilham e recordo tambem os bolinhos que comia na pastelaria Lila,velhos tempos que ja nao voltam ,andei la nos anos 1965 a 1968.So tenho de agradecer aqueles que me encaminharam nos primeiros passos da minha instruçao ,de certeza que todos eles ja partiram
por isso todas estas minhas palavras sao uma homenagem a eles.
Muito obrigado

Mário Caleia disse...

So uma rectificaçao ,o nome da professora era Teofila da Conceiçao Cardoso,enganei-me no comentario anterior e ja nao deu para emendar.